ETAPA ESPECIAL

Chegou a vez do ponto

mais alto do Alto Vale!

O imponente Morro do Funil, em Mirim Doce, a 1.257 metros do nível do mar, será o próximo desafio da Expedição Caminhos do Alto Vale.
Vista panorâmica do alto do Morro do Funil, a 1.257 metros de altitude.

O Morro do Funil é muito conhecido na região. É um marco de divisa entre os municípios de Pouso Redondo, Mirim Doce e Ponte Alta). O pico tem 1.257 metros de altitude em relação ao nível do mar e do alto descobre-se um dos panoramas mais bonitos da região, com as cidades próximas e as montanhas que as cercam. O local também é usado como ponto para telecomunicações devido a sua localização estratégica.

A etapa Morro do Funil tem seu ponto de partida da Pousada e Restaurante Trutas Arco-íris, na Serra do Ilhéu em Pouso Redondo. O local é um verdadeiro recanto natural com belas trilhas e cachoeiras, restaurante com pratos a base de trutas, lago para pesque e pague de trutas e uma pousada com chalés aconchegantes, além de centro de reuniões pronto para eventos.

Chegar ao Morro do Funil pela rodovia é fácil.

O desafio é conquistá-lo pela trilha!

Este incrível e desafiador percurso exigirá dos expedicionários esforço e determinação. A trilha que leva ao Morro do Funil está em uma região de intersecção entre o Alto Vale e o Planalto Catarinense.
 
Já no início, próximo a Pousada e Restaurante Trutas Arco-Íris, os expedicionários podem contemplar uma pequena cachoeira. O trajeto continua por estrada de serviço florestal, que ao longo do percurso transforma-se em uma trilha larga e de aclive. E por falar em aclive, essa é a principal características dessa etapa. O terreno vai mudando de estradas de cascalho para trilhas largas e estreitas, porém sempre subindo. 

Um pequeno alívio físico é alcançado no percurso da Estrada do Mirante. Este ponto é ideal para uma pausa contemplativa, já que possibilita uma ampla visão da região do Alto Vale e parte do Planalto Catarinense. Um túnel de xaxins, um caminho de charco e troncos ao longo da trilha dificultam um pouco mais a locomoção. 

O terço final da jornada, em meio a caminhos estreitos e íngremes, percorre ainda uma trilha com belas figueiras. O trecho fechado exige maior perícia dos expedicionários, porém nenhum esforço de escalada. Este caminho leva os participantes até a estrada do funil, a parte final da expedição. A subida da estrada viabiliza o acesso até o topo onde estão localizadas as antenas de comunicação. No alto o visual é incrível. Em meio às antenas é possível avistar algumas cidades próximas, bem como a cadeia de montanhas que compõe o início do Planalto Catarinense.

O retorno se dá pela mesma trilha e na chegada o almoço aguarda os valentes expedicionários. 

15 km

Progressão

​lenta/média

5 a 7 horas

Dificuldade

Alta

Altimetria do percurso com 676 metros de altitude ganha durante os 15km.
morro-funil-via-truta1

morro-funil-via-truta1

morro-funil-via-truta5

morro-funil-via-truta5

morro-funil-via-truta3

morro-funil-via-truta3

morro-funil-via-truta2

morro-funil-via-truta2

morro-funil-via-truta7

morro-funil-via-truta7

morro-funil-via-truta8

morro-funil-via-truta8

morro-funil-via-truta9

morro-funil-via-truta9

morro-funil-via-truta14

morro-funil-via-truta14

IMG_5135

IMG_5135

Confira o álbum com fotos do Morro do Funil

Álbum Morro do Bicudo 1a chamada

Mapeamento Morro do Funil

15 de julho/2018

morro-funil-via-truta6.jpeg

Etapa Morro do Funil

26 de agosto/2018

Morro do Funil.JPG

Etapa Morro do Funil

30 de junho 2019

Explore

Siga

Receba novidades

LOGO-TOPO-partiu2020.png

(47) 9 9116.7443

Expedição Caminhos do Alto Vale ©2020 | criado por Agente Comunica